logo

Witch: O Poder do Feminino

  • Home
  • /
  • Catálogo
  • /
  • Witch: O Poder do Feminino
pdf Veja por dentro
  • Autor
  • Coleção
  • ISBN 9789896686635
  • PVP 17.69 € (IVA incluído)
  • preço fixo até fim de
  • 1ª Edição setembro de 2019
  • Edição atual 1
  • Páginas 304
  • Apresentação capa mole
  • Dimensões 150x230x21 mm

Sem Amarras

Sem Repressões

Sem Remorsos

«Não decidi tornar-me bruxa. Recordei que o era.»

Vivemos numa época em que a palavra «bruxa» está cada vez mais longe do seu antigo significado — quando evocava imagens de vassouras e verrugas —, sendo agora um sinónimo do empoderamento feminino. Lisa Lister abre portas para todo um novo e profundo conhecimento de si, leitora, enquanto mulher. Leia tudo de uma ponta à outra ou utilize este livro como ferramenta de adivinhação… faça como achar melhor, até porque o propósito desta obra não é o de ensinar como «deve» ser, mas acender a faísca de reconhecimento e recordação no seu âmago e corpo. 

Aqui vai encontrar inúmeras explicações, ferramentas e dicas, abrindo uma panóplia de possibilidades para se iniciar nesta arte ou continuar a ser a bruxa que sempre foi. Pode discordar de alguns aspetos e concordar com outros. Não se preocupe, faz parte. Está tudo do seu lado, sobretudo porque os feitiços mais poderosos e eficazes serão aqueles criados por si.

«Este livro é uma resposta ao facto de, durante vários séculos, as mulheres terem sido perseguidas devido ao seu poder.»

Lisa Lister dedica a sua vida a ajudar as mulheres a desvendarem o código feminino e a amarem todo o seu corpo e intimidade. É uma bruxa cigana de terceira geração e fundadora do SHE flow — flow ELA —, um convite individual às mulheres para celebrarem o prazer sensual e profundamente feminino de ser mulher através do movimento, das massagens e da magia. Considera-se uma called girl (não confundir com call girl, algo completamente diferente), experienciando a vida a cada momento. 

Lisa percorre o caminho de uma vida com ELA — a divina/a deusa/o universo/a amiga espiritual — e, através da sabedoria dos ciclos da Lua, da menstruação e da Mamã Terra, convida a leitora a caminhar, a dançar e a rugir com ela.